As novas regras de Emissões de CO2

Emissões de CO2

As novas regras de Emissões de CO2

Com a entrada em vigor a 1 de Janeiro de um limite de emissões de dióxido de carbono (CO2) mais baixo para os novos automóveis, avizinha-se uma pequena revolução que provocará mudanças no produto, no preço ou na estrutura do mercado.

Quando é que se aplica essas novas regras?

Entrou em vigor o regulamento europeu 2019/631 a dia 1 de janeiro de 2020, que irá fixar um objetivo para a frota da União Europeia de 95 gramas de dióxido de carbono (CO2) por quilómetro de emissões médias para os automóveis novos de passageiros e um objetivo para a frota da UE de 147 gramas de CO2 por km de emissões médias de CO2 para os veículos comerciais ligeiros novos matriculados na UE, medidas até 31 de Dezembro de 2020.

O que vai mudar nos automóveis novos?

Só daqui a algum tempo se vai perceber como é que indústria, retalho e consumidores vão reagir e adaptar-se a esta nova realidade. Certo é que as novas regras vão pôr os fabricantes a fazer contas a cada unidade vendida, para saber se continuam dentro dos limites de emissões.

O que vai influenciar no sector automóvel?

A UE aplicará multas. Cada fabricante pagará 95 euros por cada grama por km de CO2 em excesso nas emissões médias específicas, multiplicado esse valor pelo número de carros vendidos nesse ano.

Cálculos feitos por Max Warburton, da consultora Bernestein, indicam que a indústria pagaria 25 mil milhões de euros de multas à UE se vendesse em 2021 o mesmo mix de viaturas que vendeu em 2018 – uma multa que equivale a um terço dos lucros que a indústria teve nesse ano.

Comments are closed.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial