Fusão do Grupo PSA com o Grupo FCA

fca-psa-rtrs-0

Fusão do Grupo PSA com o Grupo FCA

Até haver a confirmação da união dos dois grandes grupos do sector automóvel, irão continuar a operar como concorrentes.

Desde finais de Outubro que grupos de trabalho da PSA e da FCA se reúnem, para acordar um memorando de entendimento vinculativo, que poderá ser assinado nas próximas semanas, possivelmente antes de 25 de dezembro.

Respeitar as obrigações antitruste até que a fusão seja concluída e operacional, particularmente rigorosa na Europa, é crucial para evitar multas pesadas da EU.

A PSA disse esperar que a fusão leve entre 12 e 14 meses após a assinatura de um memorando de entendimento. Se isso for assinado em dezembro, a empresa resultante da fusão poderá iniciar operações entre o final de 2020 e o início de 2021 com sua sede na Holanda.

Os grupos de trabalho são liderados pelo chefe de programa e estratégia da PSA, Olivier Bourges, e pelo chefe de desenvolvimento de negócios da FCA, Doug Ostermann.

Doug Ostermann, da FCA, foi citado num documento como tendo dito: "Ambos os lados estão muito motivados para elaborar um plano bem-sucedido, e estamos fazendo um excelente progresso em direção à meta final. A FCA e a PSA aproveitarão todos os seus recursos de pesquisa e desenvolvimento para promover um futuro da inovação ".

Comments are closed.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial