Automóveis com reconhecimento da impressão digital

Impressão Digital

Automóveis com reconhecimento da impressão digital


Há muito tempo que este tipo de acesso, já disponível nos smartphones e até em computadores, irá ser utilizado também nos automóveis.

Uma marca que já conseguiu implementar essa tecnologia num automóvel foi a Hyndai, utilizando sensores de reconhecimento capacitivos que diferença entre a eletricidade estática gerada pela pele humana e pelos dispositivos falsos ou simuladores de impressão digital.

O modelo Santa Fe já foi lançado na china em janeiro.

Além da abertura de portas e arranque do veículo, este sistema de reconhecimento da impressão digital, vai permitir que o utilizador possa personalizar a sua experiência de condução, guardando em memória as definições dos espelhos exteriores interior, regulação dos bancos e a conectividade preferida de cada utilizador, sendo possível guardar mais que um utilizador na memória do veículo.

A tecnologia usada chama-se Biometric Immobiliser e permite instalar no carro um sistema biométrico de bloqueio e imobilização. Ou seja, podemos ligar o motor mediante o reconhecimento da impressão digital.

O sistema permite, inclusive, memorizar 30 impressões digitais na sua base de dados.

E quanto custa instalar este sistema? A instalação sairá à volta dos 500 euros e pode ser colocado em qualquer automóvel mediante um kit.

A marcas que vão utilizar uma tecnologia semelhante, mas com a diferença que o arranque do automóvel, ira ser com um código alfanumérico.

Comments are closed.

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial