A Importância da Formação no Setor Automóvel

A Importância da Formação no Setor Automóvel

Se outrora a inovação tecnológica no setor automóvel era feita a passo de caracol, atualmente com o desenvolvimento de infraestruturas tecnológicas cada vez mais complexas, o ritmo tem vindo a aumentar, possibilitando às marcas criarem inovações significativas de ano para ano e de modelo para modelo.  As viaturas atuais dispõem de uma incorporação tecnológica muito elevada, com preponderância para a eletrónica, dependente de módulos programáveis espalhados por todo o automóvel.

A acompanhar este ritmo está um cliente cada vez mais exigente e bem informado, que dispõe de informação “on the move”, criando novas oportunidades e pontos de contacto entre o cliente e a marca.

Dito isto, é importante que os profissionais do ramo automóvel, tanto comerciais como do pós-venda, estejam em constante formação por forma a responder aos desejos e expectativas dos clientes, o que implica um conhecimento global do meio onde se movimenta (trabalha).

Esta formação só faz sentido se atualizada periodicamente, devendo ser adaptada em função do tema em causa. Por exemplo, para um técnico do pós-venda, no caso dos concessionários de marca, esta actualização é dependente da saída de produtos/modelos novos e/ou novas tecnologias. Já no caso das oficinas independentes a atualização está mais relacionada com novas tecnologias, sendo que o lançamento de novos modelos deverá ter uma abordagem mais direcionada em função do tipo de assistência que futuramente poderão prestar.

Outro dos pontos determinantes, deverá ser o contacto com o cliente, sendo de especial importância a capacidade de responder objetivamente às dúvidas e questões dos clientes.

Escrito por: João Rainha – Formador – Polivalor